X

abril 2011

Sem categoria
RIO Animado
10 de abril de 2011 at 20:43 0
E não é que o Carlos Saldanha fez um RIO animado mesmo ? O filme/desenho/musical/tudo, RIO é uma deliciosa viagem a um RIO que eu amo. O RIO despretencioso e cheio de amor, alegria, música e beleza. Ontem saí do cinema feliz, orgulhoso e com a sensação de que era famoso. Muito famoso...
Depois de uma semana de muita tristeza com as perdas que tivemos no Rio. Depois de tudo o que vimos e que nunca havíamos visto antes no nosso país, pude sentir um gosto gostoso na boca e no coração. Estava meio amargo com tudo o que aconteceu e que definitivamente não nos pertence. E de repente vou ver o RIO e me apaixono por tudo. De novo. Graças a Deus!

E então, alguns dizem que não é lá essas coisas ou que eperavam mais...E eu pergunto, mais o que ? E alguns insistem em dizer que o Rio nem é assim do jeito que é mostrado. E eu respondo: O meu RIO é assim sim. É assim mesmo. E tem outros que dizem: mas o Rio nem tem tanta arara e pássaros assim. E eu respondo novamente: O meu RIO tem muitos pássaros, araras, e tudo que tem cor, vida e alegria.
Por que só os desenhos animados de outros lugares e outros países e até outros planetas, podem ter de tudo e os nossos não ? Por que somos tão "exigentes" com as coisas que fazem e falam de nós ? Pois o cara, que é brasileiro, mandou muito bem e fez um RIO bem cuidado, alegre, divertido, apaixonado. Tudo acontece ao mesmo tempo e a ginga e o jeito carioca não ficaram de lado. Tem muito o que sentir e se orgulhar. Além das aventuras de um desenho animado "normal", tem o amor louco, liberto e contrário de duas araras. As duas brasileiras, é claro, mas uma meio americana que vivia FELIZ no seu mundo, mas que infelizmente não tinha aprendido a VOAR e a outra carioca, livre e louca. E o filme mostra isso: como aprender a ser livre. Como aprender a voar. LINDO !!! O amor, a coragem, a força e acima de tudo o SENTIR liberto de todas as amarras fazendo voar. Um Rio que faz voar e sentir através de personagens pintados de todas as cores. Um tucano amigo do peito e uma arara livre e forte que ensinam a outra arara - sem querer ensinar - que o poder da verdadeira conexão está ancorado no nosso CORAÇÃO. Coisa difícil de ser acionada nos dias de hoje...

RIO é assim. Muitas conexões, com um toque de magia e liberdade. Um Rio de antigamente, mas com a cara de hoje. Um Rio que mistura todas as tribos e todas as formas. Um RIO com muitas licenças poéticas - e o Carlos Sandanha tem esse DIREITO - e com uma trilha sonora digna da maior reverência. Uma trilha que fala do amor e da alegria. Uma música que tem a NOSSA CARA. Apaixonada e feliz. Somos das cores, dos sabores e da emoção. Vivemos tudo e queremos tudo. Assim, ao mesmo tempo. Mega exagerados com um desejo ardente de contar ao outro tudo o que acontece. O RIO do Carlos é assim. Agora ele é meu amigo, meu compatriota, meu conTERRÂNEO de crença e de alma. O Carlos, criador das duas araras e de seus amigos brasileiros e americanos, sem distinção, sem poder ou frescuras. O Carlos brasileiro que deu certo lá fora e que agora, depois de muito tempo, consegue dar o seu grito de amor e gratidão. BRAVO !!! Digo eu ao Carlos e ao seu grito leve e alegre pelo poder de levar ao mundo as nossas cores e a nossa alegria. Bravo por levar ao mundo um RIO ANIMADO, poético, diferente, com o NOSSO Cristo Redentor iluminado pela fantasia e pelo amor. Um RIO brasileiríssimo com tudo o que isso pode significar. Um RIO que chegará a todas as pessoas e crianças do mundo e que com isso poderão se apaixonar e vibrar com as asas azúis da liberdade. Sim, a liberdade do Carlos é AZUL e não podia ter outra cor. Somos nós. Livres e alegres. Ardentes e apaixonados. Coloridos e divertidos, arrancando o melhor dos nossos corações para ajudar o mundo a ser melhor.

Telling the World !!! Música que simboliza o amor, o romantismo e a liberdade. Telling the World que somos maravilhosos e que podemos sim ter o RIO e o BRASIL que merecemos, desse jeito que o Carlos fez. Com tudo mesmo, incluindo as favelas bonitas, as praias limpas, a Sapucaí colorida, o céu azul, a areia branca e por que não; muitas e muitas araras e pássaros coloridos cantando e dançando numa floresta que só pertence a nós, porque está no nosso CORAÇÃO.

Valeu Carlos. A partir de agora você tem mais um amigo do coração.
CONTINUAR LENDO ...