X

janeiro 2012

Sem categoria
O Sucesso
25 de janeiro de 2012 at 19:29 1
Ahhhhh o sucesso...
Todos queremos ter, conviver com ele, senti-lo, estar com ele de alguma forma. O sucesso é da humanidade... E como humanos que somos, devemos sim pensar nele e querer que ele esteja em nossas vidas. Mas assim como o sucesso tem o fracasso. Pois é, outra coisa do humano. A FALHA. É claro que queremos mais o ACERTO, mas falhar pode nos levar ao melhor acerto futuro. Porém mais importante que o sucesso - que deve ser encarado como consequência – é falar do otimismo, daquilo que é positivo. Mais importante que o fracasso, é falar do pessimismo, daquilo que pode ser negativo. A forma como encaramos a VIDA nos dá sim direções importantes para esses dois caminhos: o sucesso ou o fracasso.
E agora, nesse momento de início de ano, fazer uma reflexão sobre quantas vezes fomos otimistas no ano que passou é fundamental para uma virada de página, para talvez uma nova postura diante da vida. Encarar os problemas, ver, saber, ter consciência, mas, por favor, com otimismo. O mundo está precisando disso. O planeta clama por boas oportunidades para sobreviver e para viver mais lindamente. Nós, que fazemos parte desse maravilhoso planeta, devemos jogar esse otimismo em nossas ações, em nossos planos, nas pessoas que amamos, nas pessoas que estão a nossa volta, em tudo. Jogar otimismo, mandar otimismo, pensar otimista, sentir otimista. Parece louco? Não. É necessário. Acredito que somos o que comemos, mas também o que sentimos, pensamos, fazemos. Portanto, ser otimista depende de algumas premissas como, por exemplo, não falar mal das pessoas, elogiar mais, reconhecer, comemorar as pequenas vitórias (coisa tão rara hoje em dia), rir muito mais, se divertir com o que é básico como a própria cara no espelho logo de manhã. Isso pode ser muito engraçado. Isso pode ser ótimo/otimista. Ou, pode ser péssimo/pessimista.
Tanta coisa vem a mente e ao coração quando o otimismo me toca. Pois são essas coisas boas que devem sair de dentro da gente e se transformarem em palavras, sentimentos e ações. Somos seres muito exigentes com a gente mesmo e com os outros. Somos seres críticos por natureza e a crítica fria e muito purista não é amiga do otimismo. Pois então, vamos dar vazão às pequenas e maravilhosas vitórias da vida e pensar que podemos ser melhores sim. Nascemos para sermos felizes e para fazermos os outros felizes também. Por isso queremos viver numa sociedade. Então, vamos honrar essa missão. E por falar em missão, você já sabe qual é a sua missão na vida? Qual é o seu propósito? Esse pode ser um belo começo para ter otimismo, para acreditar que é possível e que o sucesso é apenas um resultado, um final de estrada com ou sem um belo por do sol.

Que o otimismo seja muito bem-vindo na vida de todos nós e que possamos saber recebê-lo em nossos atos, gostos e emoções.
Que o sucesso venha desse otimismo e dessa crença em nós mesmos e na vida. Que a alegria e o sorriso sejam a música para esse novo ano novo cheio de otimismo, sucesso e diversão.

artigo originalmente escrito para a revista EstiloTênis #6
http://issuu.com/estilotenis/docs/estilotenis_6
CONTINUAR LENDO ...